FONTE DOS DESEJOS

Conversando,
um olhar passeando,
pela alma,
entrando.
As levezas
chegando...
são fagulhas
de paz,
amor reciproco,
ingenuamente feliz.
O vento é brisa,
iluminação,
partículas de vontades,
toques sem maldade,
apenas sentir,
presença.
Aliança eternificada
na saudação ao sol
dos corações.
Restauração,
arrumação de gavetas,
antes mortas.
Modificações energéticas,
alegrias intensificadas,
colorido sem fim,
cores além do existir.
Junção eletrônica
que afeta o ambiente.
São centelhas divinais
acossando as entranhas,
numa formatação real,
digital,
intensa.
Tubo mágico 
de alegrias divinas,
resgate de amor,
onde,
intocada,
segue de pés descalços
num vôo real,
essência.
Transformação,
momentos
em movimentos,
vida,
boboleteando imagens
e agradecendo a
fonte de desejos.

Vanize Claussen
20/07/2016


Postagens mais visitadas