Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

TRAQUEIAS LÍQUIDAS

Escuto a voz, o coração dança e sinto freneticamente a vida invadindo e a alma bailando de prazer e amor. Nas mesas iluminadas vou pescando ventos, invadindo texturas e fomentando as traqueias líquidas de tantas vozes, que num burburinho, enchem-me de deliciosa sensação de paz.
Vanize Claussen
18/04/2014

AGORA

O lugar é agora Num tempo sem demora, Que aproxima a hora, De não mais despedir... Ir... Como pássaro voando, Pousar na janela sem espera, Deixar se levar no tempo... Momento eterno... Um vôo razante Na razão de existir... Aqui Como teu amor, Somente isto basta.
                Vanize Claussen

21/01/2004

ALMA E CORPO

Alma, Que aquece meus sentidos, que aguenta meu sofrer E clareia toda minha vida... Ao redor faz de mim um pássaro para que possa te levar. E na viagem do abraço, dentro do corpo, te eternizo a ser mais que um sonho e o pensamento. Neste corpo levo a ti como anjo precioso... Corpo que funde o laço, que faz o traço e recria a forma de viver, renove então todo dia minha alma pra voar na grandeza da nobreza de amar.
Vanize Claussen

TEREZA DE CALCUTÁ

Passos largos, sobrepostos, na postura santa, de ser. Alma simples, singela, derramando, num emaranhado global, sua pura presença. Gloriosa vida, permitido tempo: Tereza de Calcutá! Onde, de vestes despojastes, apenas dois hábitos na humilde caminhada. Casa em casa, ajudando, amparando aflitos, na concessão de vida permitida por Deus. Fonte de inspiração para muitos corações, exemplo de amor, serenidade, ainda percorrendo o tempo, mesmo após sua passagem. Tereza de Calcutá, “guerreira” do amor, exemplo de faróis acessos a iluminar o mundo.
Vanize Claussen
07/08/2014