Eterno Olhar

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

RECOLHIMENTO

Vento, folha,
céu e mar,
tudo isso provocando
uma extensão em mim.
Verdade intensa
numa paisagem,
co-criadora do que sou.
Vôo além do céu,
que incendeia,
acalma e liberta:
a alma,
de tantos anseios.
Além daqui,
dimensões infinitas
aguardando o recolhimento.
Saltam desejos
de amar,
viagem de cores
pululando imagens
perdidas,
querendo mais.
E na busca constante,
vamos dissolvendo cantares
em olhares da alma:
Transparência e luz.

Vanize Claussen
28/06/2011


Postagem em destaque

ESSÊNCIA DE TODOS

Entre a vida e a morte, entre dizeres e prazeres... Quanto tempo faz? São eloquentes passagens, discretas, as quais, dentro de...