SOU ALMA



Sou um pouco vento,

um pouco tempestade,

um pouco flor,

um pouco verdade.

E no tempo certo

sou fruta da colheita.

A água me invade a calma,

me transforma a forma

do tempo espiritual que vejo.

sinto-me invadida,

deixo-me ser translúcida,

brilhante e extasiante

na perfeição de existir

além daqui a alma.


Vanize Claussen

Postagens mais visitadas