FASCÍNIO

Dança quente , meu amor,
que “o amor não serve frio”!
Vem “quentar” minha saudade,
de beleza e verdade,
transformando esse tempo
em qualidade!
Dança, dança, meu amor,
Na ligação da alma, vem...
me acalma,
no pulsar de teu calor!
Vem dançar em mim
pra eu dançar em ti
aninhada em tuas cores,
doces flores de jasmim!
Perfuma-me,
semeia-me,
encanta-me
de teus amores falantes
na passagem das conversas!
Vem com pressa!
Verso em verso,
em rima e prosa
e sorteia-me tua musa,
tua diva, tua rosa
para debulhar-me a ti,
estonteante e charmosa.
Toca-me,
perpassa-me,
navega-me,
transforma-me
para que eu
te toque,
perpasse,
navegue em ti
e possa transformar-te
em puro amor de alma,
que junto somos!
Cantante destino
aguardando musical
em nossas membranas dançarinas...
Tudo isso me fascina, meu amor!

Vanize Claussen

25/06/2014


Postagens mais visitadas