CIGANO DO TEMPO

Te amaria,
 infinitas vezes, 
neste teu jeito moleque-maduro
 de encarar a vida: 
Pérola de Sabores.
 Tantas delícias ainda por vir! 
Cigano do tempo, 
de experimentar com vontade,
 é você homem-moleque, 
inebriando meu ser 
de vontade de ficar, 
na temperança do abraço 
e em seu beijo mergulhar...
 Nesta percepção, 
incrivelmente atual, 
redescubro um novo ser 
que me fascina cada vez mais.
 Vejo luz, vejo vida,
muita vontade a expandir... 
e na sensação de estar perto,
 tenho a certeza que as linhas, 
que escrevo, 
falam de um homem evoluído,
 não exteriormente, 
mas na alma-artista-criança de viver a vida.
Vanize Claussen 
12/10/2012

Postagens mais visitadas