FLORES

As cores e sabores, 
que o tempo me traz, 
são amores das flores, 
amores perfeitos, 
alguns, sem jeito,
mas a alma se alegra, 
com a canção mais bela 
que vento vem trazendo. 
Experimento a brisa 
de uma forma intensa, 
inteira, inexplicável... 
Vou deixando acontecer 
dentro dos pequenos gestos 
a inexata certeza 
de estar de passagem ,
de mala na poesia ,
de esperança pelas tintas, 
tantas! Que o encanto encanta
a alma que vibra arte em si. 
Ah! 
Pureza na tempestade de ideias! 
Claridade de paz! 
Vibrações de amor! 
Sabores sem medida, 
na esperança do beijo  prometido. 
É ...as flores começam
a abrir o tempo da alma.


Vanize Claussen 
19/04/2015


Postagens mais visitadas