CRIAÇÃO DO CRIADOR

 Em meu coração
ecoa liberdade,
onde cantante espaço
sobrepõe a qualquer
amargo café.
Vou sorvendo,
dentro,
a canção da alegria,
onde a poesia
desobstrui as vias
ligeiramente entupidas.
Vou soltando a corda,
deixando a pipa subir.
Já não tenho vergonha
da expressão forasteira
em mim.
Sou assim,
hora verso, hora rima
as vezes vem o anseio, viver
e ir muito além daqui,
em outras terras.
E sentindo-me
vou deixando a imaginação
encantar por onde passo,
e onde toco libero verdade.
Assim, assim,
diante de imensos
redemoinhos,
diante de gigantes
ausentes presentes,
absorvo a aprendizagem,
aquela a que vim...
As vezes,
preciso romper
com o improvável
e mudar o caminho.
Já não sou feita
de lamentos,
mas de sonhos
que preciso concretizar.
Vagando atravesso
pela avenida,
vou levando minha vida.
E, de tempo em tempo
percebo o toque do Criador
que sempre capricha
nas linhas cantantes
de minha fulgaz alma.
AH! Criação do Criador,
vem cantar em mim!!!

Vanize Claussen

08/04/02014

Postagens mais visitadas