AMANHECENDO



O vento recambaleia

lá fora os sinos...

Seu movimento,

inconstante,

de ir e vir,

passando extasiante

pela minha janela,

faz-me lembrar

minha infância

e das noites escutadas

no escuro da cama,

quentinha, embrulhada,

na madrugada

sem muitos ruídos,

de carros,

apenas o vento

e os pássaros amanhecendo.




Vanize Claussen 

13/10/2013

Postagens mais visitadas